Páginas

domingo, 28 de junho de 2009

Angústia

Dia quente, frio, morno,
não me interessa mais o grau que mede o termosato
não quero saber nada mais,
o tempo é inerte lá fora,
as flores mucharam e secaram na estação
glacial...
o que o me tens a oferecer?
basta me apenas o silêncio,
quarto somente o silêncio de um ponto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário