Páginas

terça-feira, 28 de julho de 2009

Pi

Só me ame bem baixinho...
nas nuances de amor presente,
com ardor fluorescente,
onde o concreto derreta
como chocolate no
paraíso de menininho...

Um comentário:

  1. amar baixinho como o silêncio que existe momentos antes da morte chegar.

    ResponderExcluir