Páginas

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Ser



Não existe para mim outra possibilidade de ser...senão, SER INTEIRO.
O maior presente que alguém pode dar para outra pessoa é a sua INTEIREZA.
Quando estamos INTEIROS, estamos COLORIDOS.
Quando estamos COLORIDOS, podemos pintar os que estão em eterno OCRE...
Não há nada mais lindo do que ESTAR INTEIRO...
Mas é preciso CORAGEM...
Pois toda INTEIREZA nasce do RISCO.
ESTAR INTEIRO é se abandonar o tempo todo para que a POSSIBILIDADE nos engravide de SONHOS...
Está INTEIRO, quem não sabe para onde ir....mas VAI.
Está INTEIRO quem RI sem motivo...
Quem conhece o glacê sobre as horas...
Quem não se apavora diante de um DESAFIO...
Para ser INTEIRO, é preciso um bocado de LOUCURA...
Para ser INTEIRO é preciso ser AMANTE...
AMANTE de si mesmo...
AMANTE da obra que escreve...
e da peça que apaga.
É preciso ser AMANTE de quem atravessa o caminho...
Ou simplesmente aparece para partilhar insônias...
É preciso ser AMANTE de alguém ESCOLHIDO...
Ser AMANTE do PRÓPRIO AMOR...
Ser AMANTE do CAMINHO...da JORNADA...
Para ser INTEIRO, é preciso saber dizer NÃO.
Não para as SOBRAS...
Não para as MIGALHAS...
Não para as RIMAS POBRES...
Não para as JANELAS ENTRE ABERTAS...
Não para as PORTAS MAL FECHADAS...
Não para os SANGUE-SUGAS...
Não para sa DOBRAS...
Aquele que é INTEIRO não precisa fingir que INTEIRO é ECOAR SIM...SIM...SIM...
Se sabe INTEIRO e não precisa que ninguém torne REAL sua "INTEIRIDÃO"...
Ser INTEIRO é o melhor PRESENTE que podemos dar a alguém, pois não há nada melhor do que o REFLEXO da INTEIREZA perdida na pupila de quem nos MIRA...
E nos mira assim: OLHANDO DENTRO DOS OLHOS...
E para você, eu sou INTEIRA...
E sabe o por que?
Pois para mim, EU SOU INTEIRA...
E por que , por mim...você FOI ESCOLHIDO...

Nenhum comentário:

Postar um comentário