Páginas

sábado, 9 de janeiro de 2010

Sexo Virtual, Sexo seguro...


        " ...As margens de um rio são plantas  e terra molhada.
Terra e água em convivência pacífica.
Que não é lama, é terra e água,
Em sua diferença.
....Na verdade sofro de excessos, que me dão certo vocabulário
Como derramar, escorrer, atravessar.
Tenho a impressão de que tudo vaza em sobras.
Tenho dificuldade em caber. "

Viviane Mosé


Minha vida como a sua e a dos nossos amantes,  necessariamente se expressa,  ela é excitação compulsiva, meu corpo, nossos corpos,  meu movimento, nossos movimentos,  simplesmente  exubera entre contração e expansão, correndo risco da intensidão, mas somos assim, meio fast food...
Minhas veias estão tão dilatadas que preciso de forma, preciso de molduras para não ser dissipada,
então meu amor, como não negar um sexo selvagem e sereno, gostoso contigo pela web? só não podemos esquecer de não derramar as nossas energias (lembraremos das nossas aulas de canalização de energia Kundalini), exercitaremos as nossas oxigenações para um gozo tântrico cibernético,
estou aqui do outro lado da tela, emanando desejo por milhares de kybites para ti, não se preocupa pois estamos fazendo sexo seguro, faz parte da evolução da nossa espécie, além que estamos  economizando cortes em seringueiras para produção de borrachas que tirariam o nosso gosto e conexão um ao outro...
Delicia em meu corpo, faz a minha potência mais viva com o seu olhar, seu  pau na cam me excita  completamente, lhe respondo colocando três dedos na boceta para você, meu amor meu amante, chego em você através de mim, pois estou transbordando...

 

Um comentário: