Páginas

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Arre!! II

"As mentiras sociais são mecanismos de defesa que se legitimam em busca de um melhor sentido para a existência humana."

O mundo é preguiçoso, é preferível viver numa mediocridade humana, se refugiar em "máscaras" de boas maneiras, de reflexos em espelhos alheios...tudo para manter um padrão social em uma sociedade cada vez mais veloz...confesso que não tenho forças para correr, estou com "cãimbras" e com ela meu corpo pede para ficar por um tempo paralisada, sim quero ficar como uma bela estátua de bronque  num parque qualquer que ninguém para pra olhar, pois estou cansada... cansada dos blábláblás, cansada de sentir, cansada de não poder sentir, cansada da indifença, cansada das porras que são os livros de auto ajudas, cansada das pessoas reacionárias, dos elitistas, cansada da mania de aristocratismo, cansada de gente, cansada de mim mesma....estou fechada para balanço  pois a misantropia me emerge.

2 comentários:

  1. Ah!, as malditas máscaras sociais, ás vezes nos fazem perder a identidade, ou ao menos identificar um eu neste nefasto nós existente no mundo mudo que nos cerca.
    Seu texto me lembrou um pouco o sentimento expresso pela letra da canção "Paciência", do Lenine.
    Niilismo, talvez seja esse o estado de espírito expresso em seu texto, ás vezes gostaria de acreditar mais na ilusão, mas não é uma tarefa fácil, quando não há o desejo de se enganar.
    www.neuroticoautonomo.zip.net

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus, senhor dos paradoxos
    eles não sabem o que fazem!

    O paradoxo no homem
    torna-o mais sensível
    e na mulher, torna-a
    menos sensível, mas
    a felicidade depende
    sensibilidade dos outros

    Rss, e o inferno é a inveja
    de quem já foi tarde
    e só pode lembrar de nós
    com muita agressividade e mágoa

    Relaxa comigo, Mariana

    ResponderExcluir