Páginas

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Um brinde ao Dionísio?

Sonhos de festas libertárias, tradições, comemorações culturais, foram comprados pela mídia oligarquica brasileira passando pela nossa  história e ninguém percebeu...ou será que foram embriagados pelo brilho de lantejolas que de tão cintilantes osfuscaram a vista? 

3 comentários:

  1. É muito triste essa fronteira entre a espontaneidade natural e a "espontaneidade midiática". Não existe qualquer argumento quando a questão de gosto é intituida ainda muito antes da atualidade da média.
    Mas, mesmo assim, insisto, brindemos, tim tim.
    Neste lugares onde a "ofuscação" é a meta, conforme os mitos, desligo os 5 sentidos e passo.

    ResponderExcluir
  2. Belíssimo texto, retratou muito bem os obscuros dias de hoje.
    Grande abraço, sucesso e obrigado pela visita.
    Serei um seguidor.

    ResponderExcluir
  3. Quando o meio é insípido
    mas comporta as palavras
    e essas por si são atos
    contatos e experiências...

    Amo sua delicadeza, Mariana

    ResponderExcluir