Páginas

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Meu...

Um novo amor chega em mim sem que eu espere (e isso é muito bom), tudo o que é inesperado na vida é muito bom...Não contando o tempo em que estou com você, o tempo segue apenas o seu fluxo vital de encadear os nossos corpos ao exaurimento das nossas peles, e glândulas sudoripas se contra atacam para produções de odores mais delirosos possíveis...Um beijo terno, você me toca, e faz de mim apenas o que sou: uma mulher em seus braços...


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário